Premium Brexit: 29 de março, 30 de junho, mais de um ano ou nunca?

Ao terceiro dia de votações consecutivas no Parlamento britânico, os deputados aprovaram pedir a extensão do artigo 50.º até, pelo menos, 30 de junho. Mas se voltarem a recusar o acordo de saída negociado por May, terão de pedir à União Europeia para adiar mais tempo a saída. Qualquer decisão está dependente da unanimidade dos outros 27 Estados membros.

Três dias consecutivos de votações no Parlamento britânico e o Brexit não está mais próximo: pelo contrário, parece estar agora mais distante.

Os deputados aprovaram nesta quinta-feira uma moção que defende uma extensão até 30 de junho da saída do Reino Unido da União Europeia, mas apenas no caso de aceitarem até 20 de março, num terceiro voto vinculativo e após duas derrotas, o acordo de saída que Theresa May negociou com Bruxelas.

Ler mais

Exclusivos