Premium Nayem, a voz do Bangladesh

Correspondente de um canal bengali em Portugal, o jornalista tem ajudado no diálogo das autoridades portuguesas com as comunidades asiáticas em tempos de pandemia e de combate ao extremismo religioso. Gosta de fado, trocou o chá pelo café e tem em Cristiano Ronaldo não o futebolista, mas o coach, uma inspiração.

E subitamente, numa amena manhã de verão em Lisboa, um fado de Ana Moura ecoa em sussurro pela esplanada quase deserta de um café numa pacata rua nos arredores da Alameda: "Olha só, parece que a vida passou por nós, deixando um manto de água na minha voz..." A cena poderia ser corriqueira, até mesmo fora dos limites de Alfama, não fosse o fado entoado em falsete por Nayem Hasan, jornalista nascido em Bangladesh, 26 anos, os quatro últimos na condição de um lisboeta vindo de fora.

Apesar de afinada, a voz não é famosa pelos fados. Correspondente em Portugal do canal de televisão bengali News 24, Nayem tem sido o porta-voz de uma comunidade geralmente diluída pela estereotipada perceção ocidental no difuso espectro dos "indianos", mas que costuma retribuir a visão turva com um olhar curioso, generoso e grato ao povo que a acolheu.

Ler mais

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG