Premium Oliveira Costa é o banqueiro com a pena mais pesada no mundo pós-crise

Demorou 10 anos, a investigação e o julgamento. Enquanto isso, houve 47 banqueiros condenados, na Europa e nos EUA. A maioria já cumpriu a sua pena.

Portugal ainda não tem um banqueiro condenado e preso, no pós-crise de 2008. Há condenados a pena suspensa (João Rendeiro, Jardim Gonçalves, Filipe Pinhal e António Rodrigues) e há o demorado caso de José Oliveira Costa, ex-líder do BPN, condenado a 14 e a 12 anos de prisão, em dois julgamentos diferentes, mas que ainda dispõe de recursos da decisões judiciais.

Essa é a primeira diferença assinalável, entre Portugal e os outros países que julgaram banqueiros após a crise bancária profunda que marcou a última década.Oliveira Costa é arguido há 10 anos. Tem, hoje, 83 anos. Quase todos os banqueiros que levaram instituições financeiras à falência, em 2008, foram julgados entretanto. Cumpriram a sentença. E muitos já estão em liberdade.

Ler mais

Exclusivos