Premium "No fervor de roubar votos ao Labour, Lib Dems vão levar ao Brexit"

Os conservadores nunca perderam no coração da política britânica, mas 72% dos eleitores da circunscrição de cidades de Londres e Westminster votaram contra a saída da União Europeia e tanto os trabalhistas como os liberais-democratas acreditam que têm hipótese de vencer. O DN seguiu um dia na campanha porta-a-porta.

O grupo de voluntários dirige-se apressado para as torres do bairro de Churchill Gardens, vindo do metro de Pimlico, onde tinham acabado de se conhecer. Divididos em grupos de quatro ou cinco, têm os panfletos, já prepararam os argumentos. Um deles é responsável por levar a pasta com os nomes e as moradas dos eleitores da zona. O desafio é bater às portas, procurando saber em quem vão votar nesta quinta-feira e convencer os que estão indecisos de que a melhor escolha para travar o Brexit é o Labour. Mas têm concorrência.

São 14.30. Menos de quatro horas depois, à porta do mesmo metro, juntam-se os voluntários (menos) dos liberais-democratas (Lib Dems) com destino a outra zona da circunscrição das cidades de Londres e Westminster, querendo aproveitar o facto de neste círculo eleitoral, que sempre votou nos conservadores, 72% dos eleitores terem votado contra a saída do Reino Unido da União Europeia no referendo em 2016.

Ler mais

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG