Exclusivo Aconteceu em 1958 - O dia em que Humberto Delgado afrontou Salazar

Apresentação da candidatura presidencial do 'general sem medo' marcada pela promessa de eleições livres e da demissão de Salazar.

O texto sobre a apresentação da candidatura do general Humberto Delgado, um abanão na ditadura salazarista, começa sob protesto. "Não foi propriamente uma conferência de imprensa o acto que ontem decorreu no salão de chá do café Chave de Ouro. Os jornalistas que ali foram viram-se perante cerca de três centenas de pessoas que não representavam qualquer jornal", lamentava o escriba.

O repórter demarcou os colegas de profissão dos "aplausos frenéticos da assistência e dos risos estrídulos das senhoras" aquando da resposta "pronta e categórica", a que ficou para a história: "Mas obviamente demito-o", quando Delgado ouviu a primeira questão: "Qual seria a sua atitude para com o sr. Presidente do Conselho?". Perante esta possibilidade, o DN relatou que alguns jornalistas sorriam, não pelo cenário da deposição de Salazar, mas porque o primeiro ato do presidente do Conselho é pedir a demissão após uma eleição presidencial, "como se sabe".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG