Premium Falta de anestesistas: hospitais do Algarve contratam empresa espanhola

Os hospitais do Algarve estão a pagar 50 euros por hora a sete anestesistas de um grupo de saúde espanhol "para fazer face às necessidades". Sindicatos dos médicos temem que esta empresa coloque mais profissionais em Portugal, que substituam os do país.

O Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHUA) está a recorrer a um dos principais grupos de saúde espanhóis para ultrapassar a falta de médicos nos hospitais de Faro e de Portimão. São já sete os anestesistas a trabalhar no CHUA, que começou a contratar esta empresa há quase um ano. Sindicatos dos médicos não se recordam de outro caso de uma empresa estrangeira a colocar tarefeiros em Portugal.

O centro hospitalar confirmou ao DN a contratação de anestesistas à empresa Quirónsalud, que nasceu na região Andaluza, mas que se assume como o maior grupo hospitalar espanhol, no seu site, com mais de 70 unidades de saúde no país. Em Portugal, a empresa já tem um centro clínico de reprodução medicamente assistida, em Lisboa, e agora contribui para o preenchimento das escalas de anestesiologia no sul.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Espanha

Bolas de aço, berlindes, fisgas e ácido. Jovens lançaram o caos na Catalunha

Eram jovens, alguns quase adultos, outros mais adolescentes, deixaram a Catalunha em estado de sítio. Segundo a polícia, atuaram organizadamente e estavam bem treinados. José Manuel Anes, especialista português em segurança e criminalidade, acredita que pertenciam aos grupos anarquistas que têm como causa "a destruição e o caos" e não a luta independentista.