Premium Aconteceu em 1950 - ONU aprova intervenção na Coreia

Luz verde das Nações Unidas para a intervenção militar com vista à unificação da península dividida pelas forças comunistas do norte.

"Toda a Coreia será ocupada pelas forças das Nações Unidas de acordo com uma decisão tomada ontem pela Assembleia Geral da ONU." Foi desta forma que o DN noticiou, na primeira página de 8 de outubro de 1950, o início da intervenção armada multinacional, liderada pelos EUA, com vista a garantir a unidade do país dividido ao meio pelas forças comunistas do norte.

Além desta autorização, a Assembleia Geral da ONU aprovou também um plano para eleições no país, rejeitando as propostas soviéticas "preconizando a cessação imediata das hostilidades na Coreia, a retirada das forças estrangeiras e eleições fiscalizadas por uma comissão das Nações Unidas de que fariam parte os Estados limítrofes da Coreia", nomeadamente a China comunista.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Espanha

Bolas de aço, berlindes, fisgas e ácido. Jovens lançaram o caos na Catalunha

Eram jovens, alguns quase adultos, outros mais adolescentes, deixaram a Catalunha em estado de sítio. Segundo a polícia, atuaram organizadamente e estavam bem treinados. José Manuel Anes, especialista português em segurança e criminalidade, acredita que pertenciam aos grupos anarquistas que têm como causa "a destruição e o caos" e não a luta independentista.