Lei do pontapé de baliza vai sofrer alterações significativas.
Premium

futebol

As alterações nas leis de jogo que vão mudar o futebol na próxima época

Cartões para treinadores e elementos no banco, pontapé de baliza sem a bola ter de sair da área e barreiras nos livres sem jogadores atacantes infiltrados a partir de 1 de junho.

As leis de jogo vão sofrer várias alterações revolucionárias a partir da próxima época e já há treinadores com dores de cabeça. Preocupado em tornar o jogo mais dinâmico, o International Board decidiu a 2 de março, por exemplo, incluir a amostragem de cartões a treinadores e outros elementos do banco, retirar a obrigação de a bola sair da área no pontapé de baliza e proibir a presença de jogadores atacantes a menos de um metro das barreiras aquando da marcação de livres.

As mudanças promovidas pela entidade responsável pela elaboração das leis de jogo, fundada em 1886 pelas federações nacionais de Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte ainda antes de se sonhar com a existência da FIFA, vão "dar mais fluidez e mais justiça ao jogo" e, por outro lado, eliminar "situações que criam algumas dúvidas e conflitos", acredita o antigo árbitro de primeira categoria Elmano Santos, em conversa com o DN.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Alentejo

Clínicos gerais mantêm a urgência de pediatria aberta. "É como ir ao mecânico ali à igreja"

No hospital de Santiago do Cacém só há um pediatra no quadro e em idade de reforma. As urgências são asseguradas por este, um tarefeiro, clínicos gerais e médicos sem especialidade. Quando não estão, os doentes têm de fazer cem quilómetros para se dirigirem a outra unidade de saúde. O Alentejo é a região do país com menos pediatras, 38, segundo dados do ministério da Saúde, que desde o início do ano já gastou mais de 800 mil euros em tarefeiros para a pediatria.