Exclusivo Schalke. O histórico alemão nas ruas da amargura que tenta evitar um grande 31

Já foi sete vezes campeão germânico, venceu uma Taça UEFA e costuma andar pela Champions. Hoje é último classificado na Alemanha e no sábado pode igualar o pior registo de uma equipa da Bundesliga, o desconhecido Tasmania, que esteve 31 jogos sem vencer.

Nem o apoio dos adeptos do Tasmania, a equipa com o pior registo de sempre da Bundesliga, tem dado ânimo ao Schalke 04, histórico clube alemão que vive dias muito complicados, mergulhado no último lugar da liga germânica sem dar sinais de vitalidade, sem vencer um jogo para o campeonato há um ano e à beira de assinalar um marco negativo dentro de poucos dias se somar 31 jogos consecutivos na Bundesliga sem vencer.

O Schalke não é um clube qualquer. Olhando para a sala de troféus, saltam à vista, entre outros títulos, a conquista de sete campeonatos alemães, cinco Taças da Alemanha e até um brilharete nas provas europeias, quando a equipa da cidade de Gelsenkirchen venceu a Taça UEFA na temporada 1996-97, batendo na final o poderoso Inter Milão de Roy Hodgson no desempate por grandes penalidades. Na equipa alemã dessa altura, orientada pelo holandês Huub Stevens, destacavam-se nomes como Jens Lehmann, Olaf Thon, Andreas Muller e Marc Wilmots.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG