Exclusivo Aconteceu em 1937 - Bomba contra Salazar

"Não há dúvida, somos indestrutíveis" disse o presidente do Conselho de Ministros após sobreviver a atentado.

"O infame atentado de ontem contra o chefe de governo". Foi com este título que o DN de 5 de julho de 1937 noticiou a explosão de uma bomba, ocorrida na véspera, que visava António de Oliveira Salazar, prestes então a cumprir cinco anos à frente do executivo.

Num texto imbuído de verve nacionalista -- como obrigavam os tempos --, o DN relatou então o que chamou de um "atentado, tão execrável como estúpido, porque a alma de uma nação não se destrói com uma bomba".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG