Premium Israel. As seis perguntas que deixa a vitória eleitoral de Netanyahu

Apesar da vitória histórica nas terceiras eleições no espaço de um ano, o Likud e os aliados ficaram aquém da maioria no Knesset e a formação de governo não será simples.

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, venceu as eleições de segunda-feira, mas ficou aquém da maioria que desejava e tem pela frente negociações para conseguir aquilo que nas outras duas eleições no espaço de um ano não conseguiu: formar governo.

Com 99% dos votos contabilizados (os resultados finais só serão conhecidos na quarta ou quinta-feira), o Likud tem o melhor resultado de sempre sob o comando de Netanyahu, elegendo 36 deputados entre os 120 do Knesset. Mas a aliança com os seus aliados de centro-direita - o Shas (nove deputados), o Judaísmo Unido da Torá (sete) e o Yamina (seis) - não vai além dos 58 representantes, a três da barreira da maioria absoluta (61).

Ler mais

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG