Exclusivo Autoeuropa começa a produzir já em maio peças para carros elétricos

Fábrica de Palmela vai estampar para-lamas, capots e tampas da torre do amortecedor a partir de maio. Estes componentes vão ser integrados na nova plataforma do grupo alemão.

A Autoeuropa vai começar a produzir, já em maio, para-lamas, capots e tampas da torre do amortecedor dos novos automóveis elétricos do grupo Volkswagen. É desta forma que a fábrica de Palmela vai integrar o plano de transformação da frota do gigante automóvel alemão, que pretende vender os primeiros carros elétricos de larga produção entre o final deste ano e o início de 2020. Para já, a fábrica portuguesa está fora dos planos de reconversão para a montagem dos novos veículos.

As primeiras peças da série inicial de produção vão começar a ser estampadas em maio, segundo o jornal da Autoeuropa. Os três componentes vão fazer parte do ID, o primeiro modelo do grupo Volkswagen que irá utilizar a plataforma MEB, exclusiva para automóveis elétricos. Este veículo vai começar a ser produzido a partir do final de novembro na fábrica alemã de Zwickau. A estampagem já está a ser planeada desde novembro de 2017.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG