Premium Ano novo, conflito velho. Washington e Teerão aumentam escalada militar

Ataque a figura de topo do regime iraniano é a resposta ao ataque à Embaixada dos EUA em Bagdad e o mais recente capítulo de uma guerra não declarada sem fim à vista.

Três dias depois do início de uma tentativa de assalto à embaixada norte-americana em Bagdad, um ataque aéreo matou o comandante da Força Qods dos Guardas da Revolução Qassem Soleimani bem como o número dois da coligação de milícias pró-iranianas no Iraque, Abu al-Muhandis e outros oito operacionais.

Ler mais

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG