Benfica, FC Porto e Sporting lucraram mais de 180 milhões

A época de transferências fechou, e os leões foram o clube mais ativo, com vários negócios de última hora, entre eles Jesé Rodriguez (na foto) Os três grandes apresentaram lucro entre entradas e saídas. O FC Porto investiu mais e o Benfica foi o campeão de vendas.

O mercado de transferências encerrou nesta segunda-feira em Portugal - e na grande maioria dos países da Europa - e é hora de fazer um balanço. Os três grandes portugueses gastaram 135 milhões de euros em reforços e encaixaram 324,5 milhões na venda de jogadores. Ou seja, Benfica, FC Porto e Sporting juntos tiveram um lucro (diferença entre compras e vendas) de 189,5 milhões de euros.

O Benfica foi o clube que mais lucrou neste defeso - um total de 181,5 milhões de euros -, muito à custa da venda milionária de João Félix, cuja transferência para o Atlético de Madrid (a mais alta este verão a nível mundial) rendeu 120 milhões aos cofres das águias. Já o FC Porto encaixou 88 milhões (Militão foi a venda mais cara, 50 milhões para o Real Madrid) e o Sporting 55 (Raphinha para o Rennes por 21 milhões foi o negócio mais lucrativo).

Em termos de gastos, o FC Porto foi o clube que mais dinheiro desembolsou no reforço da equipa. A SAD dos dragões investiu 60 milhões de euros em contratações, com o japonês Nakajima (12M) a liderar o top das compras. O Benfica esteve mais poupado - gastou 49,75 milhões -, com quase metade deste valor (20M) a ser investido no avançado espanhol Raúl de Tomás. Já os leões gastaram 25,25 milhões de euros em jogadores e o mais caro foi o lateral direito francês Rosier (oito milhões).

O Sporting foi o clube mais ativo no último dia do mercado. Uma das transferências mais badaladas do defeso - de Bruno Fernandes - acabou por não se realizar, mas os leões fecharam vários dossiês nesta segunda-feira. A grande surpresa foi a contratação de Jesé Rodriguez, avançado espanhol de 26 anos que chegou por empréstimo do Paris Saint-Germain até ao final da época - de acordo com o emblema francês, os leões ficaram com uma cláusula de opção de compra.

O jogador de 26 anos formado no Real Madrid foi contratado em 2016 pelo clube parisiense (25 milhões de euros), mas desde 2017 foi sendo sucessivamente cedido - Las Palmas, Stoke City e na época passada ao Bétis. Agora segue-se o Sporting, que terá ganho a corrida ao Celta de Vigo, onde se espera que apresente melhores números do que nos últimos dois anos e meio - apenas oito golos em 63 jogos. Segundo foi possível apurar, o espanhol tem um salário no PSG na ordem dos seis milhões de euros brutos, mas a SAD leonina apenas irá pagar dois milhões, ficando o restante a cargo do emblema gaulês.

"Estou muito feliz pela oportunidade que o Sporting me está a dar. É um clube histórico em Portugal. Tenho um amigo chamado Cristiano Ronaldo que sempre me falou muito bem deste clube, que o criou desde pequeno. Estou muito entusiasmado por começar a treinar com os meus colegas", referiu o espanhol em declarações ao site dos leões.

Ainda em Alvalade, de forma algo surpreendente, o jovem lateral Thierry Correia foi vendido ao Valência, de Espanha, que pagou 12 milhões pela transferência à SAD leonina (valor será pago em quatro parcelas de três milhões cada). O jovem que esta temporada estava a ser titular foi contratado precisamente para substituir outro jogador ex-Sporting, no caso Piccini, que se lesionou com alguma gravidade e vai estar vários meses afastado dos relvados.

O maliano Diaby saiu por empréstimo para o Besiktas (ficou com opção de compra de cinco milhões de euros), da Turquia, e neste último dia do mercado foi oficializada a venda de Raphinha ao Rennes a troco de 21 milhões de euros. Precisamente para colmatar a saída do extremo brasileiro, a SAD leonina contratou o brasileiro Fernando Santos, de 20 anos, que chegou cedido pelo Shakhtar Donetsk, um negócio que a meio da tarde ainda chegou a estar tremido, mas que que acabou por ser finalizado.

Já depois da meia-noite, mas com o contrato devidamente registado nos serviços da Liga minutos antes, os leões anunciaram a terceira contratação do dia, o extremo congolês Yannick Bolasie, jogador que chega também por empréstimo, cedido pelo Everton. O africano não entrava nos planos do treinador português Marco Silva e já na época passada tinha estado cedido ao Aston Villa e ao Anderlecht.

No Benfica não se confirmaram as saídas de Cervi, Fejsa e Zivkovic, com o clube encarnado a oficializar no último dia do mercado a contratação do jovem central brasileiro Morato, de 18 anos, contratado ao São Paulo, do Brasil, que vai começar a jogar pela equipa B. Já o FC Porto, no fecho da janela de transferências de verão, apenas confirmou o empréstimo do guarda-redes Vaná ao Famalicão e, para já, Aboubakar ainda faz parte do plantel, pois aparentemente falhou a saída do camaronês para o Besiktas da Turquia.

No mercado nacional destaque ainda para uma contratação feita pelo Vitória de Guimarães, que assegurou os serviços de um jovem internacional pelas camadas jovens da seleção inglesa, Marcus Edwards, que chegou do Tottenham, da Premier League. O clube minhoto ficou com 50% dos direitos económicos do extremo de 20 anos que foi campeão da Europa de sub-19 em 2017 pela Inglaterra. E também para um jogador assegurado pelo Rio Ave por empréstimo de duas épocas junto do Chelsea - Lucas Piazón, avançado de 25 anos nascido no Brasil mas também com nacionalidade italiana.

BENFICA

ENTRADAS
Raúl de Tomás - 20M€
Carlos Vínicius - 17M€
Morato - 6M€
Chiquinho - 3,75M€
Cádiz - 3M€
Caio Lucas - 0
TOTAL: 49,75M€

SAÍDAS
João Félix - 120M€
Raúl Jiménez - 38M€
André Carrillo - 9,5M€
Luka Jovic - 7M€
Salvio - 7M€
Corchia - Fim de empréstimo
Jonas - Acabou a carreira
Bruno Varela - Empréstimo
Diogo Gonçalves - Empréstimo
Alfa Semedo - Empréstimo
Lema - Empréstimo
Krovinovic - Empréstimo
Yuri Ribeiro - Empréstimo
Cádiz - Empréstimo
Pedro Pereira - Empréstimo
TOTAL: 181,5M€

FC PORTO

ENTRADAS
Nakajima - 12M€
Mateus Uribe - 9M€
Zé Luís - 8,5M€
Loum - 7,5M€
Marchesín - 7,5€
Luis Díaz - 7M€
Saravia - 5,5M€
Marcano - 3M€
Sérgio Oliveira - Regresso de empréstimo
TOTAL: 60M€

SAÍDAS
Éder Militão - 50M€
Felipe - 20M€
Óliver Torres - 12M€
Galeno - 3,5M€
José Sá - 2,5M€
Brahimi - 0
Herrera - 0
Hernâni - 0
Ádrian López - 0
Maxi Pereira - 0
Fabiano Freitas - 0
Yordán Osorio - Empréstimo
Vaná - Empréstimo
André Pereira - Empréstimo
Fernando Andrade - Empréstimo
TOTAL: 88M€

SPORTING

ENTRADAS
Valentin Rosier - 8M€
Luciano Vietto - 7,5M€
Rafael Camacho - 5M€
Eduardo Henrique - 3M€
Gonzalo Plata - 1,75€
Luís Neto - 0
Jesé Rodriguez - Empréstimo
Fernando Pedro - Empréstimo
TOTAL: 25,25M€

SAÍDAS
Raphinha - 21M€
Thierry Correia - 12M€
Bas Dost - 7M€

Podence* - 7M€
Jonathan Silva - 3M€
Domingos Duarte - 3M€
Iuri Medeiros - 2M€
Carlos Mané - 0
Petrovic -0
Salin - 0
André Pinto - 0
Bruno Gaspar - Empréstimo
Francisco Geraldes - Empréstimo
Matheus Pereira - Empréstimo
Lumor - Empréstimo
Diaby - Empréstimo
Gudelj - Fim de empréstimo
TOTAL: 55M€

* Os leões anunciaram terem chegado a acordo com o Olympiacos, depois de o jogador ter rescindido unilateralmente após o ataque à Academica de Alcochete, por uma verba de sete milhões de euros.

Internacional: Navas e Icardi no PSG, Félix o mais caro do defeso

A nível internacional, a transferência mais badalada do defeso acabou por não se concretizar neste verão. Neymar foi insistentemente apontado ao Barcelona e ao Real Madrid, mas o mercado fechou e o brasileiro acabou por ficar no Paris Saint-Germain. Havia também alguma indefinição em torno da saída de Paul Pogba do Manchester United, mais uma vez com o Real Madrid entre os interessados, mas o negócio acabou por não acontecer.

No último dia do mercado surgiram algumas movimentações de última hora, mas nenhuma ultrapassou os valores de João Félix. Ou seja, confirmou-se que a transferência mais cara deste verão futebolístico foi mesmo a do jovem benfiquista para o Atlético de Madrid, a troco de 126 milhões de euros. Seguem-se no ranking dos mais caros Antoine Griezmann (120M do At. Madrid para o Barcelona) e Eden Hazard (100M do Chelsea para o Real Madrid).

Nesta segunda-feira foram oficializados dois negócios envolvendo jogadores internacionais portugueses. Manuel Fernandes, que estava sem clube depois de ter deixado o Spartak de Moscovo, vai manter-se no futebol russo e assinou pelo Krasnodar, equipa que afastou o FC Porto da Liga dos Campeões. E ficou também consumada a transferência, por empréstimo, de André Silva ao Eintracht de Frankfurt - o jogador português deixa o AC Milan para se juntar no clube alemão a Gonçalo Paciência e Bas Dost.

Ainda a nível internacional foi oficializada nesta segunda-feira uma operação envolvendo o Real Madrid e o PSG. O guarda-redes Keylor Navas assinou pelos parisienses até 2023 (fechou um ciclo de cinco anos no Real Madrid) e Areola fez o caminho inverso, assinando um ano por empréstimo com os merengues. O PSG, mesmo em cima do fecho do mercado, assegurou ainda a contratação do avançado argentino Mauro Icardi, que chega do Inter Milão por empréstimo de um ano (a troco de cinco milhões de euros) e com opção de compra por 65 milhões de euros.

Já a Roma, clube italiano treinado pelo português Paulo Fonseca, assegurou o empréstimo do arménio Henrikh Mkhitarian junto do Manchester United até ao final da temporada e ainda a cedência de Kalinic pelo At. Madrid. E o colombiano Radamel Falcao deixou o Mónaco e assinou três anos pelos turcos do Galatasaray.

As 10 transferências mais caras deste verão

1. João Félix (Benfica-At. Madrid) 126M
2. Griezmann (At. Madrid-Barcelona) 120M
3. Eden Hazard (Chelsea-Real Madrid) 100M
4. Harry Maguire (Leicester-Man. United) 87M
5. De Ligt (Ajax-Juventus) 85,5M
6. Lucas Hernández (At. Madrid-B. Munique) 80M
7. Nicolas Pépé (Lille-Arsenal) 80M
8. De Jong (Ajax-Barcelona) 75M
9. Rodri (At. Madrid-Manchester City) 70M
10. João Cancelo (Juventus-Man. City) 65M

Exclusivos