Premium Só dois em cada cem vistos 'gold' foram chumbados em mais de seis anos

Portugal não consegue garantir a origem dos fundos e a vigilância do cadastro acaba no momento em que é emitido o visto. A pressão é cada vez maior para rever ou abolir o regime.

Em seis anos e meio, são já mais de 19 mil os novos residentes chegados a Portugal através dos vistos gold. Só dois em cada cem foram chumbados. As autorizações recusadas pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras ficam-se pelas 387, apenas 2% do total, apesar dos diversos alertas, desde a ONU à Comissão Europeia, para o facto de - uma vez que não se consegue garantir a origem dos fundos - os vistos portugueses facilitarem a lavagem de dinheiro, a fuga ao fisco e poderem pôr em causa a segurança da UE. O Parlamento Europeu vai votar no final deste mês a abolição, ou não, deste tipo de regimes.

Portugal está dividido sobre a matéria. A Assembleia da República tem vindo a chumbar propostas para acabar com os vistos gold. O governo admite rever as regras - e é isso que recomenda a Comissão Europeia -, mas diz que não quer deitar fora o regime que tem feito entrar nos cofres do Estado milhões de euros vindo do estrangeiro. Foi por esta porta que entraram mais de 4,34 mil milhões de euros de investimento, injetados em força no imobiliário quando o setor estava ainda deprimido.

Ler mais

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG