Premium Aconteceu em 1995 - Guterres venceu eleições e o cavaquismo chegou ao fim

Foi o final das maiorias de Cavaco Silva com as legislativas de 1995 em que o PS venceu de forma categórica mas sem maioria absoluta. Guterres tornou-se primeiro-ministro.

"PS esmagador" foi o título do Diário de Notícias de 2 de outubro de 1995, o dia seguinte às eleições legislativas que marcaram o fim do cavaquismo após dez anos de governos do PSD. António Guterres derrotou Fernando Nogueira, candidato social-democrata, mas a maioria absoluta escapou. Os 43,9% não foram suficientes para uma maioria parlamentar, mas o PS iria governar os quatro anos da legislatura.

O PSD, que vinha de duas maiorias absolutas, ficou com 34% dos votos, num cenário em que a bipolarização entre os dois partidos foi evidente. O terceiro partido mais votado foi o CDS-PP, liderado por Manuel Monteiro. Obteve 9%, o que representou um grande crescimento e permitiu ao partido de direita ultrapassar a CDU. Os comunistas obtiveram 8,6%.

Ler mais

Exclusivos