IMI e imóveis de luxo vão render mais 82 milhões do que prevê o Governo

As mudanças no IMI e a aplicação de uma taxa especial de Imposto de Selo sobre os imóveis de valor superior a 1 milhão de euros vão permitir um encaixe adicional de receita da ordem dos 667 milhões de euros em 2013, segundo prevê no Fundo Monetário Internacional do seu relatório sobre a 5ª avaliação a Portugal. O valor supera em 80 milhões de euros as previsões que o Governo incluiu no Orçamento do Estado.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG