Volkswagen vendeu mais salsichas do que carros em 2015

A fabricante automóvel também faz 'currywurst', cujas vendas não sofreram com o escândalo da manipulação de emissões

2015 não foi um bom ano para a Volkswagen, pelo menos no que toca aos automóveis. O escândalo de manipulação das emissões de gases de efeito de estufa nos seus carros causou uma queda mundial nas vendas e obrigou a retirar automóveis das estradas. Mas no que toca às salsichas, o negócio vai de vento em popa. Em 2015, a Volkswagen vendeu 7,3 milhões de salsichas - e apenas 5,82 milhões de carros.

É mais um milhão de salsichas - ou currywurst, como se chamam este tipo específico de salsicha alemã com especiarias - do que as que foram vendidas em 2014, em stands da Volkswagen por todo o mundo. A Volkswagen também produz o seu próprio ketchup para acompanhar, e 2015 foi um ano de produção recorde do condimento, de acordo com números divulgados pela agência noticiosa alemã DPA, citados pelo jornal Independent.

Já no que toca aos automóveis, as vendas caíram drasticamente em 2015, após se tornar conhecido que a Volkswagen usava um software, instalado nos carros a gasóleo, para manipular as medições de emissões de gases, fazendo com que o carro parecesse muito mais ecológico quando estava a ser medido para efeitos de classificação do que efetivamente era quando estava a ser usado na estrada.

A empresa vendeu 4,8% menos automóveis em 2015 do que no ano anterior, muito embora o escândalo só tenha rebentado em setembro de 2015.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG