Vem aí o calor? INEGI cria ar condicionado alimentado a energia solar e biomassa

O protótipo “será impulsionado pelo calor, com origem na energia solar e biomassa". 95% da carga térmica do edifício será renovável.

O objetivo é reduzir a dependência de energia fóssil no aquecimento e arrefecimento de edifícios. Com essa meta em vista, o INEGI – Instituto de Ciência e Inovação em Engenharia Mecânica e Engenharia Industrial vai liderar um projeto para “desenvolver um sistema integrado de ar condicionado, alimentado por energia solar e biomassa”, informou esta quarta-feira o instituto em comunicado.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG