Unesco debate engenharia sustentável com bastonário português

Carlos Mineiro Aires convidado a intervir no evento organizado pela UNESCO sobre "Engenharia para o Desenvolvimento Sustentável: cumprindo os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável", no Dia Mundial da Engenharia.

"Uma vez mais na História, os engenheiros, um pouco por todo o mundo, surgiram com soluções inovadoras para tratar de necessidades críticas causadas pela pandemia covid-19 e apoiando quem está na linha da frente deste combate", explica Carlos Mineiro Aires, encontrando aí a pedra de toque para o encontro virtual que celebra, amanhã, o Dia Mundial da Engenharia.

A iniciativa da UNESCO, desta vez realizada em videoconferência devido à pandemia, contará com a participação do bastonário da Ordem dos Engenheiros, além, naturalmente, do diretor-geral da UNESCO, que apresentará o Relatório produzido por esta instituição dedicado ao tema "Engenharia para o Desenvolvimento Sustentável: cumprindo os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável". O trabalo será objeto de análise durante o evento por parte de um conjunto de especialistas mundiais na matéria.

E pelo terceiro ano consecutivo, a Ordem dos Engenheiros de Portugal será parceira deste Dia Mundial, marcando a data com a participação do bastonário na conferência digital, pelas 15.00, na qual "será analisado o papel da engenharia no combate e na adaptação a situações de pandemia" e que contará ainda com uma intervenção do presidente da World Federation of Engineering Organizations (WFEO), entre outros especialistas.

"O momento que enfrentamos globalmente, com uma pandemia que mudou radicalmente o nosso modo de vida, acarreta enormes desafios para governos, cientistas, técnicos e sociedades", explica o bastonário Carlos Mineiro Aires. "Todos os dias vemos exemplos disso, não apenas na área da saúde, mas também na tecnologia, na construção, na indústria e muito mais. São heróis silenciosos e é sobre estes casos que iremos falar amanhã, na conferência que dedicaremos a este tema", diz.

O Dia Mundial da Engenharia é comemorado, desde 2019, a 4 de março por deliberação da UNESCO e por proposta da WFEO, organização da qual a Ordem dos Engenheiros de Portugal é membro e que representa cerca de 30 milhões de engenheiros em todo o mundo.

O objetivo desta efeméride é destacar a importância do trabalho dos engenheiros e da engenharia no mundo moderno e melhorar a perceção pública de como a engenharia e a tecnologia são centrais para a vida, para o desenvolvimento sustentável e para a produção de riqueza o que, no caso português, está bem patente no Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) e na quase totalidade das suas componentes que carecem da intervenção de engenheiros, das mais variadas especialidades, para a sua consecução.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG