Ter mais beneficiários na tarifa social vai custar 10 milhões de euros

A taxa de risco de pobreza em Portugal tem vindo a diminuir, fixando-se em 2017 nos 17,3% (cerca de 1 milhão e oitocentos mil pessoas).

Em 2018, a tarifa social de energia em Portugal representou uma transferência de cerca de 85 milhões de euros das empresas produtoras de eletricidade e comercializadoras de gás natural para mais de 800 mil consumidores domésticos. Há um ano, o governo mandou o Observatório de Energia da ADENE – Agência para a Energia realizar um estudo sobre a aplicação da tarifa social com o objetivo de travar eventuais fraudes. Nessa altura, fonte do governo admitiu ao Dinheiro Vivo que a tarifa social poderia estar a ser mal aplicada e que o modelo atual poderia dar azo a erros, já que se trata de um processo automático que cruza os dados da Segurança Social com os dados das Finanças.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG