Teodora Cardoso ataca Mário Centeno no défice estrutural de 2017

Ajustamento orçamental apurado no relatório do OE/2017 "não acompanha a metodologia" do Pacto de Estabilidade.

O governo está a calcular mal o ajustamento estrutural das contas públicas - está a sobreavaliá-lo, sustenta o Conselho das Finanças Públicas (CFP), na sua análise à proposta de Orçamento do Estado para 2017 (POE). A entidade presidida por Teodora Cardoso contraria assim o Ministério das Finanças (MF), colocando-se do lado das críticas da Comissão Europeia.

Exclusivos