Taxa de juro no crédito à habitação sobe pelo quinto mês consecutivo

Nos últimos três meses, o montante médio do capital em dívida nos contratos celebrados superou pela primeira vez os 100 mil euros.

A taxa de juro implícita nos contratos de crédito à habitação voltaram a subir, passando dos 1,066% em março para os 1,073% em abril, segundo os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), esta terça-feira, mantendo a tendência pelo quinto mês consecutivos.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG