TAP põe à venda terrenos da sede no aeroporto de Lisboa

Em causa está a área onde se situam os escritórios, oficinas e instalações de apoio da companhia aérea no aeroporto de Lisboa.

Após a conclusão da privatização da companhia aérea, os novos acionistas - David Neeleman e Humberto Pedrosa - arrancam com medidas de reestruturação da empresa, por forma a reduzir o passivo e racionalizar ativos do grupo. Para já, está em marcha a venda dos terrenos que a TAP detém junto ao aeroporto, o chamado "reduto TAP" e que envolve a sede da empresa.

O Dinheiro Vivo sabe que já há interessados nestes terrenos.

O reduto TAP faz parte do património da companhia deste 1989, quando um decreto-lei assinado por Cavaco Silva, à data primeiro-ministro, e promulgado por Mário Soares, Presidente

Exclusivos