Sindicato da construção quer salários 50% mais altos

Albano Ribeiro, presidente do sindicato, quer que os operários qualificados ganhem 900 euros por mês, pelo menos. Hoje ganham 606 euros

O Sindicato da Construção quer negociar um novo contrato coletivo de trabalho para o setor que assegure a aproximação dos salários dos operários portugueses aos europeus. Para Albano Ribeiro “é uma vergonha” que um operário qualificado ganhe 606 euros por mês em Portugal quando, em França aufere 2500 euros ou 3500 euros na Alemanha. Exige, por isso, que o vencimento de tabela de um operário qualificado passe a ser, no mínimo, de 900 euros. E espera contar com o apoio dos eurodeputados portugueses nesta luta.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG