Ryanair protege-se do Brexit com licença para voar no Reino Unido

Companhia irlandesa garantiu licença para operar voos domésticos no Reino Unido, algo que pode não ocorrer caso não haja acordo para o Brexit.

Enquanto o Parlamento britânico não se entende sobre o acordo para o Brexit, a Ryanair assegurou esta quinta-feira uma licença para voar dentro do Reino Unido. A companhia aérea irlandesa, desta forma, assegura os voos domésticos no reino de Sua Majestade e ainda as ligações entre o Reino Unido e países fora da União Europeia em caso de uma saída sem acordo do país liderado por Theresa May.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG