Rui Moreira diz que TAP tenciona abandonar longo curso no aeroporto do Porto

"Se pretendem abandonar a cidade do Porto, então nós também poderemos abandonar a TAP", diz o autarca. PS critica decisão e admite questionar PSD/CDS

O presidente da Câmara do Porto disse hoje que a TAP pretende acabar com os voos de longo curso a partir do aeroporto Francisco Sá Carneiro, alertando que, nesse caso, a região "pode abandonar" a transportadora.

"Se pretendem abandonar a cidade do Porto e o aeroporto Francisco Sá Carneiro, então nós também poderemos abandonar a TAP", avisou Rui Moreira, em declarações aos jornalistas à margem da reunião camarário, frisando que a informação sobre a "intenção" da empresa é "absolutamente credível", "preocupada" e "vem de dentro da TAP".

Admitindo não saber se "a decisão está tomada", o autarca afirmou que, se a intenção da transportadora se concretizar, "o Porto terá de se preparar para encontrar outros operadores interessados no longo curso ou perceber qual o 'hub' [plataforma de transbordo de passageiros] mais conveniente para a região".

"O meu dever é informar os acionistas da TAP, que estão neste momento a desenvolver um plano estratégico, que devem olhar para esta região e perceber que esta região pode estar com a TAP ou pode não estar com a TAP", sublinhou o autarca.

Contactado pela Lusa, o porta-voz da companhia aérea, António Monteiro, disse desconhecer qualquer plano de pôr fim aos voos de longo curso a partir do aeroporto do Porto e sublinhou não haver decisão alguma nesse sentido.

PS vai questionar PSD/CDS

O PS vai questionar a coligação PSD/CDS sobre se o fim dos voos de longo curso no aeroporto do Porto esteve "em cima da mesa das negociações" da privatização da TAP, revelou hoje o deputado socialista João Paulo Correia.

"A possibilidade está em estudo por parte da empresa. É obrigatório questionar o anterior governo PSD/CDS sobre se isto esteve em cima da mesa das negociações da privatização, uma vez que esta medida prejudica o interesse público", afirmou o deputado, responsável pela área dos Transportes, referindo-se às declarações feitas hoje pelo presidente da Câmara do Porto.

Decisão prejudicaria Portugal, diz Secretário de Estado das Comunidades

"A confirmar-se essa informação, e eu espero que não se confirme, constituiria um grave prejuízo para o interesse estratégico nacional", disse José Luís Carneiro, em declarações à Lusa.

O secretário de Estado das Comunidades, também líder da distrital do Porto do PS, adiantou que, caso se confirme essa informação sobre as intenções da TAP, tal facto "colocaria em causa os legítimos interesses de múltiplas comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo".