Rival de Tomás Correia pede “urgência” à ASF

Godinho explica porque decidiu não participar na assembleia geral da Mutualista que se realizou ontem à noite.

António Godinho, que ficou em segundo lugar nas eleições para a liderança da Associação Mutualista Montepio Geral, pede ao regulador dos seguros que a avaliação de idoneidade de Tomás Correia seja concluída “com a maior urgência” para “serem convocadas eleições num quadro de democraticidade”.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG