Risco de escravatura moderna está a aumentar em Portugal

Chegada de refugiados à Europa aumenta as probabilidades de exploração de indivíduos vulneráveis. Em Portugal, falha a aplicação das leis.

Portugal está entre os 20 países europeus onde aumentou o risco de escravatura moderna em 2017, de acordo com o relatório da consultora Verisk Maplecroft. Só que, enquanto a maioria dos países mal classificados viram aquele risco crescer devido ao acolhimento de refugiados e migrantes, no caso português é a inoperância das autoridades que deveriam fiscalizar o cumprimento das leis laborais, a par do aumento do trabalho temporário e dos relatos de servidão e tráfico humano, que colocam o país na categoria de risco médio de escravatura moderna.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG