"Reversão do processo é difícil, já gastei metade" do dinheiro

Presidente da TAP diz que anular a privatização é difícil. E explica porquê. "Entraram 180 milhões de euros e eu já gastei metade"

O presidente executivo da TAP disse hoje que a eventual reversão da privatização é uma solução política que tem que ser encontrada, mas considera esse processo difícil e lembra que já gastou metade do dinheiro que entrou com a venda.

"Não sei como se reverte a privatização. Entraram 180 milhões de euros e eu já gastei metade", respondeu hoje Fernando Pinto à pergunta das agências de viagens sobre como vê esta intenção da atual maioria parlamentar.

"Eu entendo a base política, mas uma coisa é a que se gostaria e outra é a que é possível. Ando há 15 anos a procurar alguém para investir na TAP (...). Tudo é possível, mas acho muito difícil. Estamos num caminho muito bom. Tem que se achar uma solução política para que todos fiquem satisfeitos", considerou ainda o responsável.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG