Restaurante lisboeta acusado de enganar clientes e cobrar preços exorbitantes

Um almoço de marisco pode chegar perto dos 300 euros. Clientes reclamam que preços não são apresentados e depois são cobradas contas demasiado altas

"Portugal no Prato" ou "Made in Correeiros". Uma pesquisa pelas redes sociais ou por sites de avaliações e críticas de restaurantes, como o Zomato ou o TripAdvisor, onde as avaliações, com média mínima, são mais de 500, revelam rapidamente que o restaurante lisboeta que tanta polémica tem gerado nos últimos tempos é conhecido pelos dois nomes [...]

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Exclusivos