Rendas excessivas. “A EDP não se conforma, mas haverá consequências”

EDP "intransigente" na defesa dos CMEC ainda em vigor. BE quer mudar as leis que originaram rendas excessivas, e vai responsabilizar o PS.

O aviso é deixado por Jorge Costa, deputado do Bloco de Esquerda e relator da Comissão Parlamentar de Inquérito ao Pagamento de Rendas Excessivas aos Produtores de Eletricidade: “O Partido Socialista não vai poder esquecer na próxima legislatura o voto favorável que deu ao relatório final”, segundo o qual existe uma “sobre-remuneração constituída na atribuição dos CAE à EDP e mantida pelos CMEC” que “deve ser revista para o período remanescente deste regime”, ou seja até 2027.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG