Reforma aos 69 anos? “Estudo não faz recomendações de política”

Coordenador de estudo sobre aumento da idade de reforma para 69 anos diz que que ideia não é dar receitas políticas ao governo.

Um aumento da idade de reforma em três anos, para perto dos 70 anos, é o cenário apontado num estudo apresentado esta sexta-feira pela Fundação Francisco Manuel dos Santos como garantia de maior sustentabilidade financeira do sistema de previdência. Mas o coordenador da pesquisa, Amílcar Moreira, lembra que este é apenas um dos cenários apontados, com custos sociais inclusive, e que a ideia não é que sirva de recomendação política.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG