Reestruturação do Banif tem riscos de execução "substanciais"

Comissão Europeia tem "as maiores dúvidas" quanto ao reembolso do auxílio estatal concedido ao banco e interroga-se sobre "realismo" de lucros futuros previstos e a respetiva sustentabilidade

A Comissão Europeia considera que o plano de reestruturação do Banif tem riscos de execução "substanciais" e admite ter "as maiores dúvidas" quanto ao reembolso da ajuda estatal concedida ao banco liderado por Jorge Tomé. Além disso, Bruxelas questiona-se também sobre se os lucros futuros previstos e a respetiva sustentabilidade podem ser considerados "projeções realistas".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG