Qatar compra 36 aviões F-15 aos EUA por 12 mil milhões de dólares

O ministro da Defesa do Qatar, Khalid Al Attiyah, e o seu homólogo norte-americano, Jim Mattis, fecharam na quarta-feira o acordo de 12 mil milhões de dólares em Washington, segundo o Pentágono

O Qatar acordou na quarta-feira a compra de 36 aviões F-15 aos Estados Unidos, avaliada em 12 mil milhões de dólares, após o Presidente Trump ter apoiado a Arábia Saudita, que cortou relações diplomáticas com Doha.

O ministro da Defesa do Qatar, Khalid Al Attiyah, e o seu homólogo norte-americano, Jim Mattis, fecharam na quarta-feira o acordo de 12 mil milhões de dólares em Washington, segundo o Pentágono.

A venda "dará ao Qatar uma capacidade de vanguarda e aumentará a cooperação e interoperabilidade na segurança entre os Estados Unidos e o Qatar", disse o Departamento de Defesa em comunicado.

O Congresso aprovou no ano passado a venda de 72 F-15 ao Qatar, num acordo avaliado em 21 mil milhões de dólares, abrindo a porta para o acordo agora assinado.

No entanto, tal ocorreu antes de vários países vizinhos do Qatar, liderados pela Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos, terem rompido relações diplomáticas, comerciais e de transporte com Doha na semana passada, decisão que justificaram com o alegado apoio do Qatar a grupos terroristas no Irão.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG