Produção elétrica a partir de gás natural disparou mais 100% em Portugal

O consumo de gás natural em Portugal aumentou 6,6%, resultado de um crescimento de mais de 100% na produção de energia elétrica. Trata-se do valor mais elevado de sempre para o primeiro trimestre. A tendência é explicada pela reduzida disponibilidade de energia renovável.

No mês de março, o consumo de gás natural em Portugal aumentou 7,7% face ao mesmo período do ano passado, um resultado explicado pelo crescimento de mais de 100% no segmento de produção de energia elétrica, de acordo com os dados divulgados esta segunda-feira pela REN - Redes Energéticas Nacionais.

Olhando para os números acumulados do primeiro trimestre, verifica-se um aumento de 6,6% do consumo devido ao incremento de 118% na geração de eletricidade, o mais elevado de sempre para o primeiro trimestre.

O aumento de produção de eletricidade a partir de gás natural (em centrais de ciclo combinado) é explicado pela reduzida disponibilidade de energia renovável -como consequência do prolongado período de seca que se vem registando - ao contrário do que tinha acontecido no período homólogo anterior. E acontece numa altura em que os preços deste combustível têm disparado devido à invasão da Ucrânia por Putin. Aliás, Portugal e Espanha já obtiveram "luz verde" de Bruxelas para fixar tectos máximos ao preço do gás usado na geração de eletricidade para mitigar o aumento dos preços grossistas da eletricidade.

Os dados divulgados esta segunda-feira pela gestora das redes de energia nacionais revelam ainda que no segmento convencional, que abrange os restantes consumidores, manteve-se a forte tendência de contração que se vem registando, principalmente ao nível dos grandes consumidores industriais, com uma variação homóloga negativa de 21% no mês de março. No acumulado dos três primeiros meses do ano houve uma contração de 24% no segmento convencional.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG