Portugália pode avançar com ação judicial à venda da Comporta

Representante legal do consórcio defende que a decisão de rejeitar a proposta da Portugália, tomada em julho, é nula.

O consórcio composto pela Portugália, Oakvest e Sabina Estates pode vir a interpor uma ação judicial à venda dos ativos da Herdade da Comporta. A decisão é avançada por Rogério Alves, representante legal do agrupamento, noticia o Jornal de Negócios, esta sexta-feira.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG