Polónia explica subida "notável" nas vendas da Jerónimo Martins em 2016

A Polónia, com a Biedronka e a Hebe, representa já 68% da faturação do grupo. Na Colômbia, as vendas quase duplicaram

A Jerónimo Martins atingiu vendas de 14,6 mil milhões de euros em 2016, um acréscimo de 6,5% face ao do ano anterior. Em comunicado à CMVM, a dona do Pingo Doce destaca que 2016 foi um ano de "crescimento notável" e que, se não fossem as alterações cambiais, as vendas do grupo "teriam crescido 9,8% e ultrapassado os 15 mil milhões de euros".

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG