Pobres foram os que mais rendimento perderam na crise

A classe média portuguesa conseguiu resistir melhor durante a crise, mas o risco de entrar na pobreza foi também dos maiores na OCDE.

Mais de metade dos portugueses que estão na classe média baixa perdeu 20% ou mais do seu rendimento anual. Os cálculos são apresentados no novo relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económicos (OCDE), “Sob pressão: a classe média em declínio”, divulgado esta quarta-feira, 10 de abril.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG