Piketty, Angus Deaton e mais 353 economistas pedem fim de offshores

Numa carta conjunta, economistas e políticos defendem que paraísos fiscais "não servem um propósito económico útil"

Thomas Piketty, autor do livro O Capital no Século XXI, Angus Deaton, prémio Nobel da Economia no ano passado, e Olivier Blanchard, antigo economista chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI), são três dos 355 economistas, políticos e representantes de organizações internacionais que assinam uma carta, dirigida aos líderes internacionais, a apelar à implementação de medidas concretas para acabar com os offshores. Os portugueses Alexandre Abreu, Eugénia Pires e Guilherme Barreto estão entre os signatários.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG