O que (todos) fazemos mal quando tiramos 15 dias de férias

Nobel da Economia defende que tanto faz tirar férias curtas ou longas, é preciso saber torná-las memoráveis.

Reservar duas semanas seguidas de férias pode ser visto como o tempo ideal e necessário para descansar realmente, mas há quem considere um desperdício. É o caso de Daniel Kahneman, o primeiro psicólogo a ganhar o Prémio Nobel (em conjunto com Vernon Smith, em 2002, pelos estudos na economia psicológica e experimental). Numa conferência TED (TED Talk), Daniel defendeu que umas férias mais longas não significam melhor aproveitamento das mesmas.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG