Nova Iorque e Boston: as duas novas rotas da TAP

Com tarifas de lançamento a partir de 799 euros, os voos estão à venda a partir de hoje.

A TAP lançou hoje dois novos voos diretos diários para as cidades de Nova Iorque e Boston, nos Estados Unidos, que começam a operar em 11 de junho (Boston) e 1 de julho (Nova Iorque).

O anúncio foi feito numa conferência de imprensa no terminal 5 do Aeroporto Internacional John F. Kennedy por David Neeleman, novo acionista da companhia aérea.

"Este é um grande dia para a TAP, um grande dia para a Portugal, e um grande dia para a sua economia. É um grande dia para todos nós", disse Neeleman.

Com tarifas de lançamento a partir de 799 euros, os voos estão à venda a partir de hoje.

Estas novas rotas juntam-se aos destinos de Miami e Newark, que passarão a ter ligações diárias com Lisboa já este verão, e à ligação entre Porto e Newark que acontece duas vezes por semana.

A TAP aumenta assim a sua oferta para 30 voos semanais entre Portugal e os EUA.

A empresa afirmou ainda que pretende promover Portugal como destino turístico, através de campanhas promocionais e um programa de incentivos que encoraja os norte-americanos a escolher Lisboa como escala preferencial nos seus voos de e para a Europa.

Qualquer norte-americano terá hipótese de fazer uma paragem de até três noites em Lisboa, sem qualquer custo, na sua viagem para outro destino europeu servido pela TAP.

"Imagina que vais viajar para Milão connosco e que tens uma ligação em Lisboa. Podes ficar lá até três noites sem custo adicional ou podemos levar-te até ao Porto, sem qualquer custo, se quiseres passar esse tempo lá", garantiu David Neeleman.

Na campanha que estará disponível em breve, a companhia promove o país com frases como "Portugal, Europe's first gateway" (Portugal, a primeira porta de entrada da Europa) e "Portugal Stopover - discover Lisbon on the way (Portugal stopover - descobre Lisboa no caminho).

O presidente executivo da companhia, Fernando Pinto, não esteve presente na conferência de imprensa por estar numa reunião com a Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC), que na sexta feira afirmou existirem "fundados indícios de desconformidade" das regras europeias na venda de 61% da TAP à Gateway, o que justifica as medidas destinadas a impedir decisões de gestão extraordinária.

"É com grande entusiasmo que a TAP alarga o seu serviço internacional para os Estados Unidos a quatro destinos, passando assim a oferecer aos passageiros norte-americanos a possibilidade de viajarem facilmente até Lisboa, a primeira porta de entrada na Europa, com acesso, a partir de Lisboa, à conetividade da rede TAP a outros destinos", afirmou Fernando Pinto em comunicado.

As duas novas linhas serão operadas com os novos aviões Airbus A330 que serão entregues à companhia aérea portuguesa em junho, aumentando a sua frota de longo curso para 20 aeronaves.

Este investimento junta-se à encomenda de 53 novos aviões Airbus e aos 60 milhões de euros investidos na modernização dos interiores da atual frota.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG