Nossa. “Há hoje estruturas internacionais que são metade do nosso tamanho”

A Nossa tem um novo sócio, Vasco Teixeira-Pinto, e planos para vender serviços para o mercado externo. A onda positiva em torno de Portugal ajuda.

Nasceram depois da queda do banco de investimento Lehman Brothers que afundou o mundo numa crise económica, navegaram a onda da crise. Hoje a Nossa trabalha contas de publicidade como a do Minipreço, Carlsberg ou a Dott.pt e fechou o ano passado com um crescimento de 20% na faturação, para 3,8 milhões de euros.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG