Multimilionários russos já perderam 41 mil milhões desde o início do ano

Dos 18 multimilionários russos que constam da lista das 500 pessoas mais ricas do mundo, também há quem tenha registado ganhos, que no conjunto somaram 14,33 mil milhões de euros.

Após analisar as 500 pessoas mais ricas do mundo, o StockApps.pt concluiu que os 18 multimilionários russos que constam na lista ficaram 44,44 mil milhões de dólares (cerca de 41,59 mil milhões de euros) mais pobres desde o início do ano. Somados os patrimónios, estas figuras possuem agora um valor líquido compreendido em 244,87 mil milhões de dólares (229,16 mil milhões de euros) - um número abaixo dos 289,31 mil milhões de dólares (270,75 milhões de euros) que tinham em conjunto há um ano.

O recém-ex-proprietário do Chelsea FC, Roman Abramovich, foi quem sofreu o maior prejuízo, com danos de 5,43 mil milhões de dólares (5,08 mil milhões de euros) na sua fortuna avaliada em 18 mil milhões de dólares (16,84 mil milhões de euros), uma queda acentuada de 30%. Na sequência das sanções do governo britânico, Abramovich teve de vender o clube de futebol.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG