Morreu Manuel Ferreira de Oliveira, ex-presidente da Galp

A carreira do antigo gestor da Galp e da Unicer passou em grande parte pelo setor da energia. Morreu este sábado, aos 70 anos.

Manuel Ferreira de Oliveira, antigo Professor Catedrático da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e ex-presidente executivo da Galp e da Unicer (agora Super Bock Group), morreu este sábado, com 70 anos.

Licenciado em engenharia pela FEUP, em 1971, fez formação em Gestão no IMD, em Lausanne, Suíça, e na Harvard e Wharton Business School, nos Estados Unidos da América.

A carreira de Ferreira de Oliveira passou em grande parte pelo setor da energia, primeiro na Petrogal e depois na Galp Energia, de onde saiu em 2015, aos 66 anos.

Durante 15 anos, entre 1980 e 1995, trabalhou na Venezuela e no Reino Unido, em várias empresas ligadas à indústria petrolífera, como a PDV - Petróleos de Venezuela e a BP. Em 1995 regressou a Portugal para assumir a presidência da Petrogal, onde permaneceria até ao ano 2000, altura em que passou a liderar a Unicer. Em 2006 assumiria a presidência executiva da Galp Energia. Em 2015 criaria, em parceria com dois fundos, uma sociedade de investimentos na área do petróleo.

Mais recentemente, entre 2016 e 2019, foi presidente da Comissão de Remunerações da Caixa Geral de Depósitos.

Manteve sempre uma ligação à Universidade do Porto, onde era membro do Conselho de Curadores desde 2015. De acordo com a instituição, foi responsável pela modernização da área de energia elétrica da FEUP, onde deu aulas entre 1979 e 1982, "tendo lançado as bases de uma equipa de investigação de reputação nacional e internacional e revelado, em tempos difíceis, grande determinação e capacidade de liderança".

As exéquias fúnebres decorrerão a partir das 14 horas de segunda-feira com o velório e o funeral será na terça-feira.

Ver mais em Dinheiro Vivo

Exclusivos