Morreu Maria do Carmo Espírito Santo Silva. Foi a mulher mais rica do país

Foi a maior acionista do BES e era a matriarca de um dos ramos do Grupo Espírito Santo.

Maria do Carmo Espírito Santo Silva morreu esta quinta-feira, aos 86 anos, segundo adiantou o jornal económico Eco. Chegou a ser a mulher mais rica do país, graças às participações financeiras no Grupo Espírito Santo no antigo Banco Espírito Santo, do qual chegou a ser a maior acionista. Controlava um dos maiores grupos de comércio de automóveis em Portugal, a Santogal.

Viúva de Manuel Ricardo Espírito Santo Silva, que era o líder do grupo quando se deu a nacionalização e depois também no regresso a Portugal, na década de 80, Maria do Carmo Espírito Santo Silva era mãe de Manuel fernando Espírito Santo, que chegou a ser presidente da Rioforte.

Maria do Carmo Espírito Santo Silva era conhecida como discreta, sem aparecer em eventos sociais e por não se deixar fotografar. Viveu em Lausanne, Suíça, tendo regressado ao Estoril em 2019

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG