Minuto Imobiliário. Vai construir casa? Atenção aos custos (Vídeo)

Em parceria com o Dinheiro Vivo, todas as sextas-feiras, o consultor imobiliário José Cabral, especialista no mercado residencial da Grande Lisboa e autor do blogue A House in Lisbon, lança um vídeo de cerca de 60 segundos com dicas muito práticas sobre tudo o que é importante no mercado imobiliário.

Construir uma casa de raiz pode ser o sonho de muitos. Não encontrará nada mais personalizado e ao seu gosto no mercado. Apesar dos elevados preços das casas tornarem a construção mais apelativa, construir uma casa também implica grandes despesas.

Em primeiro lugar tem de ter um terreno. E depois, à partida, irá necessitar de financiamento. Existe um crédito habitação com finalidade "construção". Este empréstimo funciona por tranches, sendo que o montante disponibilizado vai sendo entregue à medida que a obra avança.

O crédito para construção é um processo mais complexo e demorado que o crédito habitação tradicional. Existem, assim, algumas condições base para que o mesmo possa ser aprovado:

- Possuir um terreno com viabilidade de construção;

- Apresentação de orçamentos detalhados e licenças camarárias;

- Deter de toda a documentação pessoal necessária;

- Ter uma taxa de esforço baixa;

- Estabilidade profissional e financeira;

- Possuir um histórico limpo no Banco de Portugal;

- Ter um montante disponível para a entrada.

Saiba ainda que apesar de ser possível pedir um crédito para construção sem projeto, é aconselhável tratar primeiro da aprovação de construção do terreno, junto da Câmara Municipal. E se pretender que este seja mais rápido, pode sempre procurar um terreno que já tenha estes elementos tratados, sujeitando-se a um projeto desenhado por terceiros.

Também é importante que considere os custos associados ao projeto. Por isso, se não tem dinheiro para este procedimento, e precisar de solicitar um crédito para avançar, deve começar por fazer contas e priorizar as licenças e a execução do projeto antes de assumir com outros compromissos financeiros.

Estas são algumas das condições que, à partida, vai precisar para aumentar a probabilidade de o seu crédito ser aprovado. Contudo, estas condições também podem diferir de banco para banco e variar de acordo com o seu perfil. Por exemplo, em alguns casos pode ser necessário ter um fiador para prosseguir com o processo.

Diferença entre construir uma casa de raiz e um projeto "chave na mão"?

A solução "chave na mão" pode ser muito apelativa para aqueles que querem construir uma casa, mas não têm disponibilidade ou não pretendem tratar do processo sozinhos.

Com esta opção o cliente é possível escolher o terreno no qual pretende ter a sua futura casa, qual o tipo de construção que prefere e o próprio projeto de arquitetura. A empresa que estiver por detrás do projeto trata de tudo, inclusive das licenças necessárias.

Veja aqui todos os episódios Minuto Imobiliário

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG