Metalurgia a caminho de novo máximo histórico

Exportações cresceram 6,6% nos primeiros seis meses do ano e ultrapassam os 10,2 mil milhões de euros. Procura alemã em alta, afasta sinais de crise

As ameaças de abrandamento das principais economias europeias não se fazem sentir junto das empresas de metalurgia e metalomecânica. Pelo contrário. A indústria portuguesa fechou o primeiro semestre com as exportações a crescerem 6,6% para um total de 10,2 mil milhões de euros, sendo que a Alemanha foi o mercado com o maior reforço absoluto, seguido da Espanha e da Itália. Aliás, as vendas para a União Europeia subiram 8,4%, para um total de 8,5 mil milhões de euros. Foi nos mercados extracomunitários, e em especial na China e nos EUA, que o sector foi mais penalizado. Efeitos da guerra comercial declarada pelos Estados Unidos à China.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Exclusivos