Metade dos hotéis previstos para 2018 nunca chegaram a abrir

Taxa de mortalidade dos projetos é elevada e esta não é uma realidade de hoje. Cristina Siza Vieira aponta para concretização de apenas 43% este ano

Metade dos projetos de novos hotéis morreram na praia. No ano passado, a Associação da Hotelaria de Portugal antecipou a abertura de 61 novas unidades hoteleiras em Portugal. Mas feitas as contas, diz Cristina Siza Vieira, só abriram 26.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG