Mais uma fuga sobre 'offshores'. 28 portugueses com contas nas Bahamas

Fuga de informação sobre companhias registadas nas Bahamas

Depois dos Panama Papers, os Bahamas Leaks. Uma nova fuga de informações sobre as empresas registadas nas Bahamas entre 1990 e 2016 permitiu saber que há 28 portugueses e 22 estrangeiros residentes em Portugal com contas 'offshore'.

A informação é avançada esta quarta-feira pelo Expresso, enquanto parceiro do Consórcio Internacional dos Jornalistas de Investigação (ICIJ, na sigla inglesa), que investigam os referidos Papéis do Panamá.

As informações sobre as Bahamas estão em 1,3 milhões de ficheiros relativos a 176 mil companhias e incluem os nomes de 25 mil administradores e funcionários das 'offshores' nomeados ao longo do período em causa. Foram obtidas pelo jornal alemão Süddeutsche Zeitung, que as partilhou posteriormente com o ICIJ.

Segundo o Expresso, os portugueses identificados surgem como administradores em 38 empresas.

Não é referida qualquer questão de legalidade destas companhias nem da participação dos indivíduos nas mesmas.

O Expresso escreve ainda que não existem políticos na lista de portugueses identificados.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG